segunda-feira, dezembro 17, 2007




quinta-feira, setembro 06, 2007

Pessimismo religioso

Vamos parar de posar de triunfantes. Todo mundo é farsante, vaidoso, instável e interesseiro (eu também). As muitas falas não escondem que a alma está desajustada do espelho e os atos não conferem com as reais intenções.

Vamos parar de escrever sobre a nobreza. Coitada da sinceridade, vive pisoteada; pobre do bem, vive subindo ladeiras íngremes; triste da virtude, vive rouca.

Vamos parar de encenar perfeição; chega de cara de Amélia arrependida.
Ninguém se engane: existe vilania bruta, armações mefistofélicas, ambientes infames. São reais a molecagem das sacristias, a velhacaria das tesourarias, a sordidez dos gabinetes e a cafajestice do púlpito.

Vamos parar de bancar os impolutos da última hora. Os indignos conseguem sim, senhoras e senhores, fantasiar sua indiferença com as lantejoulas da ortodoxia; eles sabem socar a boca dos profetas.

Vamos parar de altruísmos. As estradas continuam pontilhadas de semimortos e são raríssimos os “Bons Samaritanos”. A teologia foi substituída pela egologia; todos miram o bico dos seus sapatos e os Campos de Refugiados da ONU continuam entulhando miseráveis.
Vamos parar de cretinice “gospel”; de bom mocismos evangelicais e de encenações santarronas. Batamos no peito e façamos um “mea culpa” discreto; choremos sentados sobre cinzas, pode ser que ainda reste esperança. Não sei.

Soli Deo Gloria.
Ricardo Gondim - fonte: www.ricardogondim.com.br

quinta-feira, agosto 23, 2007


Aprendemos que qualquer um que tenta abrir os olhos de pessoas encabrestadas pela religião, acaba sendo queimado na fogueira da instituição (Jovens Betesda, 2007).

segunda-feira, agosto 20, 2007

Legalistas?


O termo legalista já é umas das palavras mais pronunciadas nas comunidades cristãs, sempre é dito: - “O João é legalista, Cicrano é legalista”. Mas então o que vem a ser um legalista? São pessoas governadas sumariamente por regras e leis, o que está automaticamente ligado à palavra fundamentalismo, que significa a observância rigorosa às crenças religiosas tradicionais.
Um legalista não aceita mudanças e prefere ver a vida da maneira que ele julga correta não se importando com as diferenças, ou se adequam a ele ou está fora.
Mas e o legalista ao reverso, aquele que pensa que somente ele tem um estilo de vida despojado, que só ele tem a “mente aberta” ou um estilo de vida alternativo, este nada mais é que um fundamentalista com alma de anarquista. Pelo fato de não aceitar ou compreender outras tribos, outras formas de vida. Ou de só ele ter a razão para as verdades bíblicas.
Discussões inúteis são travadas, cismas, igrejas tornam-se verdadeiros centros de debates de gerações e o evangelho torna-se apenas quatro livros de capa preta empoeirado. Ou seja se penso que somente eu tenho a mente aberta, ou somente eu sou o “certinho” da comunidade.
Tenho que tomar cuidado, pois em uma mente aberta toda espécie de lixo pode entrar e na vida de um certinho, qualquer escorregão torna-se em um escândalo irreparável.
Por isso o cuidado que se deve ter com o equilíbrio é muito importante, o apostolo Paulo diz em uma de suas cartas que tudo é permitido mais nem tudo convém; tudo é permitido mas não me deixarei dominar por nenhuma delas. Ou seja os cristãos são chamados para serem livres, equilibrados no seu modo de viver, não acusadores, mais pessoas que se entendem e que se completam como um corpo uno. Triste é ver que o fundamentalismo, a falta de compreensão divide este corpo, do qual a mente deixa de ser a de Cristo para ser a perda em vãs filosofias.
Os cristãos perdem a sua identidade primitiva; da união, da aceitação, do venha como está, para dar lugar a falsas motivações, como escreveu o pregador as ilusões que estão debaixo do sol.


Sávio Rocha

segunda-feira, julho 23, 2007

Ninguem sabe como o outro é ate ter andando um quilômetro com seus sapatos


Folheando a Bíblia da Mulher encontrei um comentário com uma frase interessante e realista.
"Ninguem sabe como o outro é ate ter andando um quilômetro com seus sapatos."
Isso me fez refletir bastante, ninguem sabe a dor que o outro está sentindo; como acaba sendo egoista e pragmatica a relação interpessoal.
Existe população mais voltada a sí (ego) do que ao outro. O "sê vira!" é a resposta para muitos pedidos desesperados. A preocupação com um amigo ou até conjuge é muito superficial na maioria das vezes. O homem está carente de ouvidos e de conselhos sábios.
Pode-se ter uma pessoa proxima a um abismo e nada é feito para socorrer, o que se faz é julgar, "apontar o dedo", ter pré-conceitos. O amor ao proximo não é aquele amor incondicional que não requer troca, mais é um amor por interesse, onde um dia aquilo será cobrado e com correções.
Então antes de falar mal, antes de julgar, antes de condenar; procure saber o que aquela pessoa sente, procure andar um quilometro com os sapatos dela, procure saber onde o "calo aperta", dar tapinhas nas costas é inútil quem sabe é necessário carregar a sua cruz por alguns instantes. Depois sim, critique!

quarta-feira, julho 18, 2007

Dogmas e o Evangelho do Amor

O que fazer quando a alma de muitos grita por algo novo e outros preferem a velho, o retrógrado, o ultrapassado, o que já não transforma? Ou seja, quando a religião ocupa o centro do coração e Jesus é deixado na periferia. Quando o esteriótipo, a aparencia, roupa, rituais, desvia do alvo que é Cristo.
Quando uma adoração torna-se uma obrigação para o cristão, quando uma religião toma uma posição superior ao próprio Cristo, quando um culto torna-se antropocêntrico e não cristocêntrico, creio que Deus observa do seu trono e se indigna com tanta hipocrisia, com tanto farisaísmo, com tanta falta de conhecimento e interesse sobre seu sacrificio e diz: — Estou cansado de seus cultos, vocês levantam as suas mãos cheias de mentira, cheias de idéias e filosofias sobre o que Eu sou, mas Eu sou o que Eu sou, não o que acham que Eu sou, retorcem a minha palavra, a utilizam para justificar suas teorias e doutrina de homens. Será que não me respeitam como Deus, como criador de vocês, como Pai de vocês, filhos ingratos! Morri por todos, quero salvar todos, mas vocês estão limitando o meu poder por seus legalismos. Deixam Mamom tomar conta de Meus cultos, gastam o seu tempo com coisas vãs, fúteis ao meu reino. Eu mesmo disse que cuidaria de vocês, mas não crêem. Me engessam, subestimam o Meu poder. Não habito em seus templos caros, estou no coração dos Meus filhos. Nem no templo e nem no monte mas na vida dos que me adoram em Espírito e em Verdade.
É tempo de voltar ao primeiro amor, ao evangelho genuíno, o evangelho do amor, da comunhão, do partir do pão e do culto racional, deixar a lei e respirar a Graça.

terça-feira, julho 10, 2007


terça-feira, março 13, 2007

A morte de um philia em meio a insipiência em receber noticias novas!




Uma amizade sincera é cheia de obstáculos, novidades, segredos, alegria, tristezas, decepções, e outros sentimentos que regem a alma; este veículo de sentimentos é capaz de pregar peças em nossa interpretação segundo a sapiência que cada um tem. Como seria bom se tivessemos uma visão nem tão obtusa em determinadas situações. Minha tristeza e saber que por causa da minha ignorância posso perder o amor de muitas pessoas, e o mais interessante quanto mais pesquiso e procuro aprender observo-me agindo segundo a minha interpretação de vida não olhando para o meu próximo com o todo o amor necessário. A Philia se perde em meio a minha falta de conhecimento, todo amor exibido se apaga segundo a minha visão de mundo, eu não quero ser assim! Eu não preciso ser assim! Mas o meu passado, me torna um insensível. Insensível até comigo mesmo. Então o que me resta, a solidão?

quinta-feira, janeiro 25, 2007

Uma realidade na minha vida

É interessante que, além da vida real, o homem sempre tem uma segunda vida abstrata onde, com calma deliberação, o que antes o deixava nervoso e irritado parece frio, sem graça e distante: ele é mero espectador e observador.

Uma pessoa de raros dons intelectuais, obrigada a fazer um trabalho apenas útil, é como um jarro valioso, com as mais lindas pinturas, usado como pote de cozinha.

quarta-feira, janeiro 17, 2007


The life is beautiful, the people that make of it an excrement!

quinta-feira, janeiro 04, 2007

Carta ao meu Pai

Pai...

O que poderia escrever sobre esse homem que Deus colocou em minha vida, este que Deus predestinou para que me criasse e transmitisse seus valores.
Lembra de quando escrevia aquelas cartinhas coloridas e desenhava nelas, escrevia com uma letra cursiva, muitas vezes sem muita coordenação motora; mais depositava todo meu amor nelas, era à forma de dizer a você o quanto o amava. O que é um presente que custe dinheiro ao amor que sinto? Esse amor do qual aprendi nas escrituras (philia), amor que não se apaga, que apesar de diferenças de gerações, ou de ponto de vista o amor supera.
Hoje com um vocabulário mais requintado escrevo essa carta a você, vocabulário esse que graças ao seu trabalho e esforço me concedeu, pois se estou onde estou hoje é graças ao nosso bom Deus que deu a ti forças físicas para trabalhar e conceder a mim estudos para que a minha vida fosse diferente da sua; todo pai almeja isso.
Você soube passar a mim a moral e os bons costumes, nunca negou seu abraço, seu beijo, seu colo mesmo agora com meus 22 anos me trata como sua criança amada. Agradeço ao Todo Poderoso por me dar um pai tão especial, que cuida de sua prole com amor e carinho. Que mesmo tendo uma vida sofrida na infância e adolescência soube transmitir seu amor.
O chato é ter que ficar sem a sua presença, muitas vezes 20, 30 dias; mas em minhas orações diárias peço ao nosso Deus para que olhe para você, te de forças e te carregue no colo como você faz comigo.
Suas forças não são mais a mesma Pai, suas células já começam a não receber toda a hidratação necessária, a barba começa a ficar esbranquiçada, mais a determinação continua. E quando chegar o dia de invertermos os papeis, de eu mesmo cuidar de você, quero continuar sendo o seu negão querido e cuidar de você com o mesmo amor que transmite a mim.
Só tenho que dizer que te amo, e sei que esse amor vem de Deus, e se vem de Deus é bom e de “boa fama”, como disse o Apostolo Paulo.

Feliz Aniversário!


Sávio da Silva Rocha

quarta-feira, janeiro 03, 2007

A Criação da Criatura


De todas as criações de Deus, em sua maioria Ele observou que era bom e que tinha feito algo perfeito, foi quando resolveu criar um ser capaz de pensar, que pudesse agir conforme a sua alma e que tivesse uma pequena parte da sua divindade embutida. Foi a única criação que Deus modelou com suas próprias mãos, mas também a unica que arrependeu de ter feito. O homem! Ser imperfeito. Ser que prefere se dar ao vício, a dependência de drogas, alcool à ser livre na dependencia do seu criador. Que prefere tentar resolver os seus problemas e se auto-enganar do que chegar diante do Criador e pedir os seus conselhos. A causa de ainda não sermos consumidos é o amor ágape que o Criador possui.

terça-feira, janeiro 02, 2007

De férias